12.7 C
Peru
Monday, April 12, 2021

Procurador junto ao TCU quer suspender pagamentos da Odebrecht a escritório que contratou Sergio Moro

Must read

Lucas Rocha Furtado enviou ofício ao ministro Bruno Dantas no qual recomenda obtenção de cópia das mensagens apreendidas na Operação Spoofing

Aguirre Talento

10/02/2021 – 18:54
/ Atualizado em 10/02/2021 – 19:04

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro Foto: Jorge William/Agência O Globo
O ex-ministro da Justiça Sergio Moro Foto: Jorge William/Agência O Globo

BRASÍLIA —  O subprocurador-geral do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), Lucas Rocha Furtado, solicitou ao ministro Bruno Dantas que avalie a possibilidade de determinar a suspensão de pagamentos da Odebrecht ao escritório de advocacia Alvarez & Marsal, que contratou o ex-ministro da Justiça Sergio Moro.

Furtado argumentou que pode haver conflito de interesses, já que Moro, como juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, homologou o acordo de leniência da Odebrecht e “pode ter contribuído para a situação de insolvência da empresa”. A Alvarez & Marsal é administradora da recuperação judicial da empresa.

Lula X Moro:entenda o que foi decidido pelo STF e o que falta decidir

“Avaliar a conveniência e oportunidade de se estabelecer, cautelarmente, a suspensão de qualquer pagamento à empresa Alvarez & Marsal, no âmbito da recuperação judicial da empresa Odebrecht S.A., até que o tribunal avalie o mérito da questão”, escreveu Furtado em seu ofício.

Furtado também recomendou ao ministro Bruno Dantas que solicite ao Supremo Tribunal Federal o acesso ao arquivo da Operação Spoofing, com as trocas de mensagens entre os investigadores da Operação Lava-Jato e com o então juiz Sergio Moro.

Bela Megale: Mesmo com vitória no STF, defesa de Lula não vai usar mensagens hackeadas como prova de suspeição de Moro

Moro foi contratado pela Alvarez & Marsal no fim do ano passado. Na ocasião, argumentou publicamente que não atuaria em processos relacionados a casos da Operação Lava-Jato.

“Consultoria global de gestão de empresas, a Alvarez & Marsal (A&M) anuncia a chegada de Sérgio Fernando Moro como sócio-diretor, com sede em São Paulo, para atuar na área de Disputas e Investigações. A contratação de Moro está alinhada com o compromisso estratégico da A&M em desenvolver soluções para as complexas questões de disputas e investigações, oferecendo aos clientes da consultoria e seus próprios consultores a expertise de um ex-funcionário do governo brasileiro”, diz comunicado da companhia na ocasião.

More articles

- Advertisement -

Latest article