27.9 C
Peru
Monday, September 27, 2021

Morre Cícero Chaves, filho de Chico Anysio e da ex-Frenética Regina Chaves, aos 39 anos.

Must read

Segundo amigos, Cícero teve um mal súbito na madrugada deste domingo (04); ele era produtor fonográfico e DJ

O Globo

04/07/2021 – 16:23 / Atualizado em 04/07/2021 – 16:32

Filho de Chico Anysio e da ex-frenética Regina Chaves, o DJ Cicero faleu hoje em São Paulo Foto: Foto de arquivo
Filho de Chico Anysio e da ex-frenética Regina Chaves, o DJ Cicero faleu hoje em São Paulo Foto: Foto de arquivo

Morreu, na madrugada deste domingo (04), o DJ e produtor fonográfico Cícero Chaves, filho do humorista Chico Anysio (1931-2012) e da ex-Frenética Regina Chaves. Segundo amigos de Cícero ouvidos pela coluna de Ancelmo Gois, ele teria chegado em casa por volta das 2h da manhã e pedido uma refeição. Após descer para receber o pedido, parou para conversar com o porteiro, teve um mal súbito e caiu morto. O velório estava marcado para as 15h deste domingo, no Cemitério São João Batista, no Rio.

Cícero era produttor musical desde 2000 e atuava, principalmente, na cena alternativa. Ele gostava de misturar ritmos que iam do tech-hpus ao hip-hop e era proprietário da gravadora 11Hz Recordings.

Uma das ex-mulheres de Chico, Alcione Mazzeo (mãe do ator Bruno Mazzeo), lamentou a morte de Cícero nas redes sociais: “A vida é mesmo um sopro, uma hora estamos aqui e de repente, podemos já não estar mais.” A gravadora Me Gusta Records também homegerou Cícero. “Descanse em paz amigo! Fará muita falta!”

Em entrevista ao EXTRA depois da Morte do pai, Cícero disse que, em casa, Chico não era nenhum piadista. “Algumas vezes ele soltava alguma piada e todo mundo caía na gargalhada, mas normalmente ele era mais sério. A lembrança que eu tenho dele é da gente pintando juntos. Era uma coisa que nos unia, um convívio mais no silêncio”, afirmou. ” Ele gostava muito de frases e tem uma que ele me disse que eu levo para a minha vida até hoje: ‘Meu filho, não adianta esperar chegar a inspiração. Se tivesse esperado, eu não teria feito uma piada. Você tem que insistir, suar, aí ela vem’.”

A mãe de Cícero, Regina, tornou-se conhecida dos brasileiros nos anos 1970, quando integrou o grupo As Frenéticas. Após deixar o grupo, em 1982, Regina seguiu carreira solo e chegou a gravar cinco discos. No mesmo ano, casou-se com Chico Anysio e passou a trabalhar com ele. Interpretou a secretaria Sinézia, na “Escolinha do Professor Raimundo”, famosa pelo bordão “Sabe que eu na sei!”. Também deu vida a Mina, companheira de Lingote, um dos personagens do “Chico Anysio Show”.

spot_img

More articles

- Advertisement -

Latest article