13.8 C
Peru
Thursday, October 28, 2021

Ministério da Saúde tem estoque de 1,5 milhão de comprimidos de cloroquina contra Covid

Must read

Guilherme Amado Foto: Agência O Globo

TCU apontou ilegalidade no uso de recursos do SUS por medicamento sem eficácia comprovada

O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo
O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo

O Ministério da Saúde possui pelo menos 1,5 milhão de comprimidos de cloroquina para tratar Covid, apesar de o medicamento não ter eficácia comprovada contra a doença.

O lote de comprimidos de hidroxicloroquina 200 mg está armazenado em Guarulhos (SP), sob a identificação “programa de saúde Covid-19”.

Leia: Cobrado pela Câmara sobre campanha de Covid, Pazuello envia vídeos da gestão Mandetta 

Em 28 de janeiro, a pasta afirmou que possuía 1,5 milhão desses comprimidos, fruto de uma doação de 2 milhões de unidades.

O ministério não especificou a doação.

Leia: Ministério da Saúde recusou doação de testes de Covid de multinacional

Provavelmente, trata-se de um envio, em junho, realizado pelo governo de Donald Trump de 2 milhões de comprimidos do medicamento, também de 200 mg.

Esses números foram repassados no fim de janeiro por Eduardo Pazuello à Câmara, em resposta a um requerimento do deputado Alexandre Padilha, do PT de São Paulo.

Leia: Ministério da Saúde fechou contrato emergencial de Covid 120% acima do preço de mercado

O general à frente do ministério afirmou que outras informações de estoques de medicamentos serão mantidas em sigilo por cinco anos.

O empenho do governo Bolsonaro em promover o remédio sem eficácia atestada contra a Covid é analisado pelo TCU.

Dias atrás, o tribunal apontou ilegalidade no uso de recursos do SUS para fornecer essas substâncias a pacientes com Covid, e cobrou explicações de Pazuello.

Leia: Ministério da Saúde disparou pedido pró-cloroquina a 20 destinatários

(Por Eduardo Barretto)

ACESSE A HOME DA COLUNA E LEIA TODAS AS NOTAS, ENTREVISTAS E ANÁLISES

Acompanhe nas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram

spot_img

More articles

- Advertisement -

Latest article