8.9 C
Peru
Thursday, December 2, 2021

Ministério da Justiça recomenda incluir presos no grupo prioritário da vacina

Must read

Guilherme Amado Foto: Agência O Globo

Conselho afirma que demora na vacinação aumentará o gasto com assistência de saúde da população carcerária

Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília Foto: Daniel Marenco / Agência O Globo
Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília Foto: Daniel Marenco / Agência O Globo

O Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, ligado ao Ministério da Justiça, recomendou que os estados incluam presos e servidores do sistema prisional no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19.

A resolução foi publicada nesta terça-feira no Diário Oficial.

O colegiado argumentou que a “população prisional apresenta uma grande vulnerabilidade a doenças infectocontagiosas” e que 42.517 presos foram contaminados e 133 morreram pela doença até janeiro de 2021.

A publicação também menciona a retomada da visita dos advogados e que a demora na vacinação aumentará o gasto com assistência de saúde da massa carcerária.

Leia também: Ministério da Saúde tem estoque de 1,5 milhão de comprimidos de cloroquina contra Covid

(Por Naomi Matsui)

ACESSE A HOME DA COLUNA E LEIA TODAS AS NOTAS, ENTREVISTAS E ANÁLISES

Acompanhe nas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram

spot_img

More articles

- Advertisement -

Latest article