8 C
Peru
Sunday, April 11, 2021

Guedes exonera auditor mencionado como exemplo por Flávio Bolsonaro para tentar anular caso das 'rachadinhas'

Must read

Glauco Octavio Guerra foi demitido da Receita por improbidade administrativa; advogados utilizaram episódio em que ele teria sido vítima de perseguição para compará-lo com senador

Chico Otávio e João Paulo Saconi

25/02/2021 – 13:54
/ Atualizado em 25/02/2021 – 14:06

Ministro da Economia Paulo Guedes Foto: Carl de Souza / AFP
Ministro da Economia Paulo Guedes Foto: Carl de Souza / AFP

RIO – O ministro da Economia Paulo Guedes exonerou, na quarta-feira, o auditor-fiscal da Receita Federal Glauco Octavio Guerra, mencionado pela defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, como um exemplo de funcionário público que teria sido ilegalmente investigado pela fiscalização interna do órgão. A tese dos advogados de Flávio é que caso semelhante pode ter acontecido com o parlamentar, a partir de um suposto repasse informal de dados fiscais sigilosos. Essas informações teriam despertado o interesse do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) pelas movimentações financeiras atípicas dele e de ex-funcionários, acusados de formar um esquema para desviar salários pagos pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

(Confira aqui mais consequências sobre a exoneração do auditor)

 

More articles

- Advertisement -

Latest article