17.7 C
Peru
Saturday, September 25, 2021

É #FAKE mensagem que circula em Guarulhos convocando cadastro em UBS para receber vacina

Must read

Prefeitura da cidade desmente mensagem que tem viralizado em grupos de WhatsApp

Roney Domingos, G1

09/02/2021 – 13:25
/ Atualizado em 09/02/2021 – 13:31

É #FAKE mensagem que circula em Guarulhos convocando cadastro em UBS para receber vacina Foto: Reprodução
É #FAKE mensagem que circula em Guarulhos convocando cadastro em UBS para receber vacina Foto: Reprodução

Circula em grupos de WhatsApp em Guarulhos uma mensagem que convoca a população da cidade para fazer um cadastro em Unidades Básicas de Saúde (UBS) a fim de receber a vacina contra a Covid-19. É #FAKE.

A mensagem falsa tem o selo “encaminhada com frequência” e pede para que as pessoas orientem seus familiares a ir à UBS mais próxima da residência para fazer um cadastro para vacinação.

A Prefeitura de Guarulhos, na Grande São Paulo, emitiu um comunicado em suas redes sociais para alertar contra a mensagem falsa.

“É fake news a mensagem que está circulando pelo WhatsApp, convocando a população para fazer o cadastro no UBS a fim de receber a vacina contra Covid-19. Devido à quantidade reduzida de doses que o município recebeu, neste momento apenas estão sendo vacinados os profissionais de saúde com maior risco de exposição à infecção, agravamento e óbito pela doença, além dos indígenas já mapeados na cidade. Fiquem atentos aos nossos canais oficiais para saber informações das próximas fases.”

Ao desmentir o cartaz com um cronograma de vacinação no estado de São Paulo, o governo estadual paulista alertou que, devido à inclusão da vacina no Programa Nacional de Imunização (PNI), seguirá o cronograma do Ministério da Saúde, que divulga datas e grupos prioritários.

A vacinação contra o coronavírus começou no Brasil em 17 de janeiro, com São Paulo. O plano contempla inicialmente idosos que vivem em asilos, trabalhadores da saúde e indígenas vivendo em terras indígenas.

Segundo o plano de imunização do governo, todas as pessoas serão vacinadas, mesmo que não apresentem algum documento. Basta que ela comprove que pertence ao grupo prioritário correspondente à fase da vacinação. Entretanto, para fazer o controle, o Ministério da Saúde diz que é importante informar o número do CPF ou apresentar o Cartão Nacional de Saúde (CNS) – o Cartão do SUS. O Ministério explica que o registro do paciente nas bases de dados poderá ser feito no momento do atendimento, utilizando o CPF ou o CNS.

spot_img

More articles

- Advertisement -

Latest article