6.4 C
Peru
Sunday, October 17, 2021

Biden estuda desengarrafar portos nos EUA para garantir as compras de Natal

Must read

Crise nas cadeias de suprimentos afeta o país em momento de recuperação da pandemia

Da Bloomberg

13/10/2021 – 20:22

Custos para mover um contêiner de 40 pés da China para a costa oeste dos Estados Unidos dispararam para cerca de US$ 15.800 Foto: Aly Song/Reuters
Custos para mover um contêiner de 40 pés da China para a costa oeste dos Estados Unidos dispararam para cerca de US$ 15.800 Foto: Aly Song/Reuters

LOS ANGELES — O presidente dos Estados Unidos Joe Biden tenta desengarrafar portos como uma tentativa de diminuir os gargalos da cadeia de mantimentos antes do período de compras de Natal no país.

Funcionários do governo, entretanto, reconhecem que suas opções são limitadas, enquanto a crescente demanda pressiona as redes de transporte e entrega.

Fretes altos: Varejo usa caminhão em vez de navio e até freta voo para garantir produtos no Natal

Frotas de navios de carga ancorados em grandes portos e pilhas de contêineres empilhados em cais aumentaram a preocupação de que os consumdiores possam ser recebidos por prateleiras vazias quando a temporada de festas começar, em novembro.

O cenário levou a Casa Branca a aceletar e destacar seus esforços para anuviar o fluxo de bens em diversos setores da economia. Antes, o Porto de Los Angeles — que, junto com o Porto de Long Beach, compõe o hub de contêiners mais ocupado dos EUA — anunciou que deve começar a trabalhar 24 horas, em operação durante os sete dias da semana, depois de debates com administradores e sindicatos de trabalhadores, passo avaliado como atrasado pela Casa Branca.

Seis empresas, incluindo a FedEx Corp e a United Parcel Service Inc., também se comprometeram a expandir o planejamento de entregas. biden vai se encontrar com executivos de empresas, portos e líderes sindicais na Casa Branca antes de comentar sobre o tema.

— Com a chegada dos feriados, você deve estar se perguntando se os presentes que pretende comprar vão chegar a tempo — disse Biden nesta quarta, antes de reiterar o anúncio dos portos. — Esse é o primeiro passo-chave para mover nosso frete de transporte e suporte logístico pelo país para um regime 24 horas.

Entretanto, ele reforçou que essa medida depende da atuação do setor privado para manter a perspectiva.

Natal antecipado: inflação, dólar alto e frete nas alturas fazem varejo antecipar data para setembro

A possibilidade de prateleiras vazias durante os feriados é um pesadelo político para o presidente, que já enfrenta acusações de republicanos de que suas políticas contribuíram para o crescimento da inflação.

Os problemas envolvendo a cadeia de suprimentos nós EUA, porém, estão associados com a recuperação econômica após a pandemia. O número de importações feitas pelo país bate recorde em 2021, e cresceram 5% em setembro, na comparação com 2020, de acordo com dados da S&P Global Market Intelligence.

Desde o começo do ano, a Casa Branca toma medidas para amortecer impactos na cadeia de suprimentos. Em fevereiro, Biden assinou uma ordem executiva para rever abastecimento de bens necessários, como microchips e produtos farmacêuticos.

spot_img

More articles

- Advertisement -

Latest article