-1.7 C
Peru
Friday, November 26, 2021

Agenda teatral se mantém durante o carnaval; veja lista de peças em cartaz

Must read

O espetáculo da Cia Gravitá mistura as linguagens de circo, teatro e audiovisual para contar a história de um professor cheio de manias que tem a sua rotina transformada após resgatar uma gata. Até 20 de fevereiro, com transmissões ao vivo no YouTube.

‘Parece loucura mas há método’

Sérgio Machado Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O espetáculo da Armazém Companhia de Teatro transforma o espaço da videoconferência num irreverente campo de batalhas. Nove personalidades shakespearianas se enfrentam numa arena de ideias: cabe ao público decidir quem vencerá os duelos. Até 14 de fevereiro, com ingressos via Sympla.

‘Novos normais: sobre sexo e outros desejos pandêmicos’

Cena da peça 'Novos normais: sobre sexo e outros desejos pandêmicos', do grupo Os Satyros Foto: André Stefano / Divulgação
Foto: André Stefano / Divulgação

O espetáculo do grupo Os Satyros enquadra 20 atores na tela para abordar os desafios do mundo atual durante a pandemia, em especial no que tange a sentimentos represados e carências de afeto e contato físico. Até 21 de fevereiro, com ingressos via Sympla.

PEÇAS DE TEATRO PRESENCIAIS (RJ):

Reestreia

‘Benedita’

Texto, direção e atuação: Bruno de Sousa.

O solo acompanha a vida da lavadeira, curandeira, feiticeira e contadora de histórias Benedita.

Casa de Cultura Laura Alvim (Teatro): Av. Vieira Souto 176, Ipanema — 2332-2016. Sex e sáb, às 20h. R$ 40. 60 minutos. 12 anos. Até 27 de fevereiro.

Última semana

‘Amazona’

Cena da peça 'Amazona', que se desenrola em ruas do Centro do Rio Foto: Carolina Calcavecchia / Divulgação
Cena da peça ‘Amazona’, que se desenrola em ruas do Centro do Rio Foto: Carolina Calcavecchia / Divulgação

 Texto e direção: Ricardo Cabral. Com Anna Clara Carvalho, Camila Costa, Chris Igreja, Marcéli Torquato e Victor Seixas.

No espetáculo-performance itinerante, que percorre ruas do Centro do Rio, quatro mulheres lideram um movimento para que a natureza volte a ocupar a cidade.

Centro: Praça Floriano s/nº, Cinelândia, em local informado no momento da reserva do ingresso. Ter a sex, às 20h. Sáb e dom, às 18h e às 20h. Gratuito, mediante reservas pelo telefone (98091-4194). 70 minutos. Livre. Até 14 de fevereiro. As sessões são realizadas apenas oito espectadores, e também são transmitidas ao vivo via YouTube.

Continuação

‘Carmen, a grande pequena notável’

Cena do musical 'Carmen, a pequena grande notável' Foto: Leekyung Kim / Divulgação
Cena do musical ‘Carmen, a pequena grande notável’ Foto: Leekyung Kim / Divulgação

Texto: Heloísa Seixas e Júlia Romeu. Direção: Kleber Montanheiro. Com Amanda Costa, Nábia Villela, Guh Rezende e outros.

O musical conta a história da cantora Carmen Miranda, de sua chegada ao Brasil ainda criança, passando pelas rádios, suas primeiras gravações em disco, pelo cinema brasileiro e o Cassino da Urca, ao estrelato nos filmes de Hollywood.

Centro Cultural Banco do Brasil (Teatro II): Rua Primeiro de Março 66, Centro — 3808-2020. Qui e sex, às 18h. Sáb e dom, às 16h. R$ 30. 70 minutos. Livre. Até 28 de março.

‘É nóix família’

Leandro Hassum em cena da peça de comédia 'É nóix família' Foto: Janderson Pires / Divulgação
Leandro Hassum em cena da peça de comédia ‘É nóix família’ Foto: Janderson Pires / Divulgação

Texto, direção e atuação: Leandro Hassum.

No monólogo cômico, Leandro Hassum apresenta histórias divertidas sobre a própria família, com relatos engraçados sobre viagens, festas de aniversário e quarentena.

Teatro das Artes: Shopping da Gávea, 2º piso. Rua Marquês de São Vicente 52, Gávea — 2540-6004. Sex e sab, às 21h. Dom, as 20h. R$ 80. 70 minutos. Livre. Até 28 de fevereiro.

‘Eu comigo mesmo’

O humorista Rafael Portugal Foto: Divulgação
O humorista Rafael Portugal Foto: Divulgação

Texto, direção e atuação: Rafael Portugal.

O humorista Rafael Portugal repassa momentos engraçados de sua trajetória e de seu cotidiano.

 Teatro Casa Grande: Av. Afrânio de Melo Franco 290, Leblon – 2511-0800. Sex e sáb, às 21h. Dom, às 20h. R$ 70 (balcão) e R$ 80 (plateia). 70 minutos. 14 anos. Até 25 de abril.

‘Os homens querem casar e as mulheres querem sexo 2 — Novo normal’

O ator Carlo Simões em cena da peça 'Os homens querem casar e as mulheres querem sexo 2 — Novo normal' Foto: Divulgação
O ator Carlo Simões em cena da peça ‘Os homens querem casar e as mulheres querem sexo 2 — Novo normal’ Foto: Divulgação

Texto e direção: Carlo Simões. Com Carlo Simões e Clarisse Napolli.

Obcecado em busca da mulher perfeita, Jonas, num desabafo com Deus no confinamento, se dá conta de que a figura divina é uma mulher cearense.

Teatro Vannucci: Shopping da Gávea, 3º piso. Rua Marquês de São Vicente 52, Gávea — 2274- 7246. Sáb, às 20h. R$ 70. 60 minutos. 14 anos. Até 27 de fevereiro.

‘O samba da minha terra’

Texto e direção: Carlos Alberto Serpa. Com Daborah Marins, Raí Valadão e músicos.

O musical relembra canções “Feitio de oração”, de Noel Rosa, “Garota de Ipanema” e “Samba do avião”, de Tom Jobim, além de marchinhas como “Sassaricando”, “Pastorinhas” e “Bandeira branca”.

Casa Julieta de Serpa: Praia do Flamengo 340, Flamengo — 2551-1278. Qua a dom, às 16h. R$ 155 (com bufê de chá da tarde). 60 minutos. 14 anos. Até 21 de fevereiro.

PEÇAS DE TEATRO ONLINE:

Reestreia

‘Uma cena de amor para Francis Bacon’

Texto: Fernanda Zancopé. Direção: Dante Passarelli e Fernanda Zancopé. Com Leonardo Silva, Luiza Válio, Pedro Ribeiro, Fernanda Zancopé e Dante Passarelli.

Uma artista plástica põe em xeque o valor dos acontecimentos, de forma a transformar sua própria vida em obra de arte.

Serviço: Sáb e dom, às 20h. Gratuito, com transmissões no YouTube. 75 minutosa. 16 anos. Até 7 de março.

‘Heróis’

O ator Paulo Azevedo em cena da peça de teatro on-line 'Heróis' Foto: Guto Muniz / Divulgação
O ator Paulo Azevedo em cena da peça de teatro on-line ‘Heróis’ Foto: Guto Muniz / Divulgação

Texto, direção e atuação: Paulo Azevedo.

Livremente inspirado pelas músicas e trajetórias de David Bowie, Lou Reed e outras estrelas do rock dos anos 1960 e 197, o musical acompanha um astro do rock no auge da fama, e que  está esgotado pelas demandas de ser um mito da música.

Serviço: Sáb, às 21h. Dom, às 17h. R$ 40, por meio do Sympla. 55 minutos. 12 anos. Até 28 de fevereiro.

Únicas apresentações

‘Parto’

Texto: Isadora Krummenauer. Direção: Natasha Corbelino. Com Dani Câmara, Karla Muniz, Laura Nielsen, Paula Furtado e Sara Hana.

A peça lança olhares para uma experiência feminina aparentemente obrigatória no Brasil, que é a maternidade. Quando uma gravidez acontece, uma mulher se questiona sobre a verdadeira necessidade de “escolher” a maternidade.

Serviço: Sex a seg, às 17h e às 19h. Gratuito, com transmissões no YouTube. 60 minutos. 14 anos. Até 15 de fevereiro.

Última semana

‘Abuso’

Cena da peça de teatro on-line 'Abuso' Foto: Divulgação
Cena da peça de teatro on-line ‘Abuso’ Foto: Divulgação

Texto e direção: Alessandra Gelio. Com Alessandra Gelio, Bella Rodrigues, Caren Laurindo, Cynthia Rodrigues, Natascha Stransky, Pedro Casarin.

A história de três mulheres vítimas de abusos e violências em seus casamentos.

Serviço: Sáb e dom, às 20h. A partir de R$ 10, por meio do Sympla. 14 anos. Até 14 de fevereiro.

‘Parece loucura mas há método’

Luis Lobianco cria cenário em seu apartamento para transmitir a peça 'Parece loucura mas há método' Foto: Antonio Scorza / Agência O Globo
Luis Lobianco cria cenário em seu apartamento para transmitir a peça ‘Parece loucura mas há método’ Foto: Antonio Scorza / Agência O Globo

Texto: Paulo de Moraes e Jopa Moraes. Direção: Paulo de Moraes. Com Charles Fricks, Luis Lobianco e outros.

Nove personalidades shakespearianas se enfrentam numa arena de ideias.

Serviço: Sáb, às 20h. Dom, às 18h. Gratuito. É preciso reservar ingressos por meio do Sympla. 70 minutos. 12 anos. Até 14 de fevereiro.

Continuação

‘Maria!’

Texto: Claudio Mendes. Direção: Inez Viana. Com Claudio Mendes.

A peça apresenta crônicas e canções de Antônio Maria.

Serviço: Sáb, às 20h. A partir de R$ 20, por meio do site do Teatro Petra Gold. 50 minutos. Livre. Ate 27 de fevereiro.

‘Medeia’

Texto: Consuelo de Castro. Direção: Gabriel Fernandes e Bete Coelho. Com Bete Coelho, Luiza Curvo, Michele Matalon, Roberto Audio, Flavio Rochaa e Matheus Campos.

A peça, que celebra os dez anos da Cia BR116, é uam versão do famoso mito grego.

Serviço: Qua a sáb, às 20h. Dom, às 18h. Gratuito, com transmissões via YouTube. 18 anos. Até 12 de março.

‘Novos normais: sobre sexo e outros desejos pandêmicos’

Cena da peça 'Novos normais: sobre sexo e outros desejos pandêmicos', do grupo Os Satyros Foto: André Stefano / Divulgação
Cena da peça ‘Novos normais: sobre sexo e outros desejos pandêmicos’, do grupo Os Satyros Foto: André Stefano / Divulgação

Texto: Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez. Direção: Rodolfo García Vázquez. Com Alessandra Nassi, Alex de Felix, Alex de Jesus e outros.

O espetáculo do grupo Os Satyros aborda os desafios do mundo atual em relação a amores na pandemia.

Serviço: Sáb e dom, às 18h. Acesso por meio do Sympla (/espacodigitaldossatyros). 60 minutos. 18 anos. Até 21 de fevereiro.

‘Sob o mesmo teto’

lessandro Coelho e Débora Ishikawa em cena da peça 'Sob o mesmo teto' Foto: Divulgação
lessandro Coelho e Débora Ishikawa em cena da peça ‘Sob o mesmo teto’ Foto: Divulgação

Direção: Michelli Rebulho. Com Alessandro Coelho e Débora Ishikawa.

O espetáculo da Cia Gravitá mistura as linguagens de circo, teatro e audiovisual para contar a história de um professor cheio de manias que tem a sua rotina transformada após resgatar uma gata. Ele a salva das ruas, e ela o salva da solidão.

Serviço: Sáb, às 19h. Gratuito. A transmissão acontece no YouTube. 60 minutos. Livre. Até 20 de fevereiro.

‘Segredo de justiça’

Cena da peça 'Segredo de justiça' Foto: João Julio Mello / Divulgação
Cena da peça ‘Segredo de justiça’ Foto: João Julio Mello / Divulgação

Texto: Andréa Pachá. Adaptação: Carolina Lavigne. Direção: Marco André Nunes e Isabella Raposo. Com Alexandre Barros, Carmen Frenzel, Fabianna de Mello e Souza e Milton Filho.

Baseado no livro homônimo de Andréa Pachá, o espetáculo recompõe histórias de uma sala de audiência de Vara da Família.

Serviço: Qui e sáb, às 21h. A partir de R$ 5, por meio do Sympla . 60 minutos. 14 anos. Até 28 de fevereiro. Os horários sofrem alterações nas próximas semanas.

spot_img

More articles

- Advertisement -

Latest article